Aneurisma de Artéria Poplítea

Aneurisma de Artéria Poplítea

 

A artéria poplítea é uma artéria localizada atrás do joelho e é responsável pela circulação das pernas.
Assim como nos aneurismas de aorta, os fatores de risco para o seu aparecimento são o tabagismo, sexo masculino e a idade.
A maioria das pessoas que tem aneurisma da artéria poplítea não tem sintomas.
Diferente do aneurisma da aorta, este raramente apresenta ruptura. O maior risco consiste no entupimento da circulação da perna, causada por sua trombose ou pelo desprendimento de coágulos do seu interior para os ramos dos vasos sanguíneos originados da artéria poplítea. Quando isso ocorre, há um risco muito elevado de perda do membro afetado (amputação).

Para o diagnóstico do aneurisma de poplítea, os exames mais utilizados são o ultrassom, tomografia computadorizada e a ressonância magnética.

 

img3-a

 

O tratamento depende principalmente do tamanho e dos sintomas causados pelo aneurisma.

Se for decidido pelo tratamento cirúrgico, existe duas técnicas de correção do aneurisma da artéria poplítea:

– cirurgia aberta, em que é realizada uma “ponte”, normalmente de veia safena, para substituir a artéria doente.

 

img3-a

 

– cirurgia endovascular, na qual através de cateteres, coloca-se uma prótese para substituir a artéria aneurismática.

 

img3-a