Varizes Pélvicas

Varizes Pélvicas

Dor em peso em baixo ventre, dor nas relações sexuais, presença de varizes na vagina e no glúteo podem ser sinais de varizes pélvicas. Quando a presença desses vasos doentes causa sintomas, chamamos de Síndrome da Congestão Pélvica. 

É uma doença de difícil diagnóstico, porém quando comprovada, o tratamento instituído possui uma alta taxa de sucesso. Hoje em dia, soluções minimamente invasivas tomaram o lugar das cirurgias convencionais, proporcionando abordagens menos agressivas, com menos complicações e uma recuperação muito mais rápida. 

Varizes Pélvicas

Varizes pélvicas é uma doença caracterizada por veias dilatadas próximas ao útero, ovários e trompas. Embora esteja presente em 15% das mulheres em idade fértil, nem todas apresentam sintomas e precisam ser tratadas. 

Causa 

Assim como nos membros inferiores, o sangue que circula nas veias da pelve tem como destino o coração, ou seja, corre contra a gravidade. Um dos mecanismos que permite a subida do sangue são as válvulas, por motivos ainda não elucidados na literatura, essas estruturas sofrem uma espécie de degeneração e tornam-se incompetentes, fazendo o sangue refluir e sobrecarregar o sistema, causando o enfraquecimento e dilatação das veias pélvicas.

A síndrome da congestão pélvica é comum em mulheres que já ficaram grávidas, sobretudo aquelas que tiveram múltiplas gestações. Ao longo da gravidez o útero cresce muito, comprimindo as veias da região e recrutando maior quantidade de sangue, isso acaba sobrecarregando o sistema venoso da pelve da mulher aumentando o risco de varizes no local.

A gravidez, assim como a menopausa e os distúrbios menstruais, também ocasiona alterações hormonais que tem efeito nas veias e podem propiciar a progressão da doença.

Sintomas 

As pacientes sofrem de dores crônicas na pelve com algumas características marcantes. Ela fica pior no final do dia (depois de muito tempo em pé ou sentada) e diminui quando fica deitada. A dor também piora durante ou após a relação sexual. Muitas vezes é acompanhada por dor na lombar, dores nas pernas e sangramento vaginal anormal.

Poucas vezes a paciente pode apresentar queixa de vasos proeminentes na região da vulva e glúteo. Além disso, a paciente apresenta um quadro facilmente confundido com outras causas de dor, seja inflamações do trato gastrointestinal, cólicas ou mesmo com endometriose. 

Diagnóstico 

Geralmente o diagnóstico é feito pelo ginecologista, que encaminha o paciente ao cirurgião vascular.

A ultrassonografia pode ajudar a confirmar o diagnóstico de síndrome de congestão pélvica, no entanto, pode ser necessário realizar outro exame por imagem para confirmar o diagnóstico. Esses exames podem incluir venografia (radiografias das veias tiradas após um meio de contraste radiopaco ser injetado em uma veia na virilha), tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Tratamento 

Medicação: Os medicamentos anti-inflamatórios costumam aliviar a dor. Existem também medicamentos flebotônicos que auxiliam na drenagem venosa, mas também não tratam a causa do problema. O Ginecologista pode prescrever um tratamento hormonal para bloquear a ovulação na tentativa de diminuir a vascularização dos órgãos da pelve. 

Se os medicamentos forem ineficazes, pode-se indicar embolização das varizes pélvicas.

Embolização: É uma cirurgia minimamente invasiva onde o cirurgião vascular realiza uma punção na virilha e em seguida introduz um cateter na veia e navega até as varizes. Através desse cateter o médico insere molas e um medicamento em estado de “espuma” dentro das varizes. Isso causa uma inflamação na parede interna das veias que acaba por selá-las.

Av Francisco Matarazzo 1752 Conj. 317 - Pompéia - São Paulo/SP
Atendimento em horário comercial pelo Telefone: (11) 4800-3030 ou pelo Whatsapp: (11) 95937-4639

Fale Conosco

 

Você pode tirar suas dúvidas ou marcar uma consulta enviando uma mensagem no formulário abaixo. Entre em contato também pelos telefones: (11) 4800-3030 | 4800-3031 | 3865-3049 | (11) 95937-4639

Siga-nos nas redes sociais:
Facebook | Instagram

 

Whatsapp