Varizes

Varizes

As varizes dos membros inferiores são veias superficiais das pernas que tornam-se visíveis, salientes e tortuosas.

Em pessoas com predisposição as varizes, veias normais que são responsáveis por drenar o sangue para o coração, sofrem um processo degenerativo em que perdem a sua elasticidade e se dilatam, acumulando o sangue em seu interior.

Sete em cada dez pessoas sofrem com varizes. Se não forem tratadas, as varizes podem piorar.

Varizes

O coração bombeia o sangue através das artérias até as pernas. Os músculos da panturrilha (batata da perna) empurram o sangue pelas veias, contra a gravidade, de volta para o coração. As válvulas no interior das veias fazem com que o sangue não volte para baixo e se acumule nas veias. Em algumas pessoas, essas válvulas se desgastam e deixam retornar para as pernas parte do sangue que deveria voltar para o coração, aumentando a pressão nas veias e causando a sua dilatação e tortuosidade, passando a ser chamadas de varizes.

Não há como prever quem apresentará a condição, porém existem pessoas predispostas a desenvolver varizes, como as que apresentam história familiar de varizes, sexo feminino, idades mais avançadas, obesidade e gestação.

Dor, sensação de peso e cansaço nas pernas e leve inchaço na região dos tornozelos são alguns dos sintomas iniciais das varizes, embora alguns não apresentem qualquer queixa além da estética. Em estágios avançados, o pigmentodo sangue deposita-se na pele gerando uma coloração acastanhada, condição denominada dermatite ocre. Sua evolução é a inflamação da pele e a formação de úlceras.Nesta situação, damos o nome de Insuficiência Venosa Crônica.

Como é feito o Tratamento das Varizes?

Uma vez realizado o diagnóstico da doença, o tratamento mais eficaz e capaz de eliminar as varizes é o cirúrgico. Já para o controle dos sintomas, pode-se instituir mudanças comportamentais (perda de peso, prática regular de exercícios físicos, elevar as pernas sempre que possível) associadas ao uso de medicamentos e meias elásticas: eles auxiliam no tônus da veia e na permeabilidade capilar, ajudando na reabsorção da linfa e drenagem do sangue no membro acometido. Esse tratamento de sintomas também pode ser a primeira escolha para os pacientes que possuam problemas de saúde que contraindiquem a cirurgia, assim como a esclerose das varizes com “espuma”, onde uma substância química é injetada no vaso doente causando uma reação inflamatória local que provoca o seu selamento.

Para os pacientes que serão operados, além das veias visualmente acometidas, também serão removidas as veias com dilatação e refluxo identificadas pelo ultrassom doppler, exame realizado no planejamento cirúrgico.

Quando houver também o comprometimento das veias safenas, existem algumas opções de tratamento para essas veias: remoção convencional com cirurgia, ablação com laser ou com radiofrequência. A utilização do cateter de radiofrequência ou de laser são métodos modernos, minimamente invasivos (dispensam incisões) que promovem o fechamento da safena sem precisar removê-la. As vantagens são menos dor e menos hematoma no pós-operatório, levando a uma recuperação mais rápida.

Av Francisco Matarazzo 1752 Conj. 317 - Pompéia - São Paulo/SP
Atendimento em horário comercial pelo Telefone: (11) 4800-3030 ou pelo Whatsapp: (11) 95937-4639

Fale Conosco

 

Você pode tirar suas dúvidas ou marcar uma consulta enviando uma mensagem no formulário abaixo. Entre em contato também pelos telefones: (11) 4800-3030 | 4800-3031 | 3865-3049 | (11) 95937-4639

Siga-nos nas redes sociais:
Facebook | Instagram

 

Whatsapp