Avalie este artigo post

https://baraovascular.com.br/o-que-e-varizes-pelvicas-e-como-tratar/Causa de preocupação de muitas pessoas, principalmente para as mulheres, as varizes têm diversos tipos de tratamento. Apesar de chamarem atenção por conta da estética, em alguns casos as varizes podem se tornar um verdadeiro problema de saúde ocasionando inchaço, dor constante, problemas de circulação e dificuldade de cicatrização de feridas.

Abaixo relacionamos as formas mais comuns de tratamento para as varizes.

Cirurgia Convencional

A cirurgia mais conhecida para tratamento de varizes é aquela em que é feita a retirada do vaso. Por meio de incisões escalonadas, o cirurgião remove as veias varicosas com o auxílio da agulha de crochê.

Para a recuperação o paciente deve ficar 7 a 14 dias em repouso, evitar exercícios físicos por um mês e usar meias elásticas de compressão por cerca de três meses. Durante as fases iniciais da recuperação, em que ainda há hematomas nas pernas, é necessário não se expor ao sol.

Radiofrequência e Laser Endovenoso

É a técnica mais recente para o tratamento de varizes, menos invasiva e sem a necessidade de cortes. É inserida uma fibra no interior do vaso, esta por sua vez emite uma energia e o vaso é queimado de dentro para fora.

Como a manipulação cirúrgica é bem menor, a recuperação do paciente é bem mais rápida – cerca de 3 dias. A atividade física pode ser retomada em duas semanas. Também é necessário não se expor ao sol até que os hematomas tenham desaparecida por completo.

Terapia com Laser Transdérmico

É uma terapia menos invasiva para o tratamento de vasinhos e varizes de fino calibre. Um feixe de laser é emitido pelo aparelho, passando através da pele e causando o aquecimento do sangue dentro do vaso. É o aumento de temperatura do sangue que causa a lesão na parede do vaso, fazendo com que ele oclua e desapareça. Para potencialização do efeito, associa-se ao laser a escleroterapia química (aplicação).

whatsapp
Unidade Pompéia
Unidade Paulista
Unidade Itaim Bibi